0800 773 1600
Prefeitura da Estância Turística de Tupã - SP
Praça da Bandeira, 800 - Fone: (14) 3404-1000
Prefeitura Municipal de Tupã
Notícias: Secretarias
11 de Janeiro de 2017 - PREFEITO
Prefeitura cancela o carnaval 2017
Por: Assessoria de Comunicação

Durante coletiva de imprensa na Prefeitura, realizada na manhã desta terça-feira, foi anunciado o cancelamento do Tupã Folia 2017 por motivos econômicos.

O prefeito Ricardo Raymundo solicitou ao secretário municipal de Saúde, Laércio Garcia e à secretária de Desenvolvimento Urbano, Jeane Rosin, que apresentassem um levantamento de como se encontra a situação das duas Secretarias.

Jeane Rosin pontuou diversos investimentos necessários no município, que somados totalizam um valor de aproximadamente R$ 10 milhões para regularizar toda a situação estrutural do município.

“A pedido do prefeito, foi providenciado um relatório estimado, sobre todas as obras, serviços e convênios que são necessários para tornar Tupã uma cidade melhor e somente esse relatório já dá uma noção bastante aproximada de como se encontra a situação real da cidade. Infelizmente os números não são bons e isso demonstra que temos muito trabalho a fazer”, disse.

De acordo com a secretária, são necessários R$ 7,3 milhões de contrapartida direta para término das obras, R$ 1,2 milhão em operação tapa-buracos e recapeamento, R$ 1,1 milhão para recuperação de estradas rurais e pontes e R$ 320 mil para conserto e reparo de toda frota municipal e considerando os R$ 9 milhões de dívidas com fornecedores o valor chega a R$ 19 milhões para regularizar toda a situação financeira e estrutural da prefeitura.

“Nós demos prioridades às obras que precisam ser realizadas com urgência, como a operação tapa-buracos. Nós precisamos de um valor para a compra de materiais, usando os equipamentos e os funcionários da prefeitura com um valor de R$ 476.500,00. Temos também que realizar com urgência a operação tapa buracos, tendo em vista que a situação é bastante precária, serão necessários cerca de R$ 707 mil. Outra coisa importante também. Nós precisamos fazer a manutenção da malha viária rural, há estradas rurais que se encontram também em situação bastante criticas. A Estrada 7 de Setembro nós precisamos implantar o melhor caminho e isso teria o custo em 10 km de R$ 300 mil, a Estrada do Moinho, do Distrito da Varpa em um trecho de 8 km, que compreenderia um valor de R$ 220 mil. Dentro de outros trechos importantes, está também a recuperação de duas pontes da Varpa, que custariam em torno de R$ 60 mil cada ponte. Além da ponte do rio Iacri, no valor de R$ 38 mil.Temos também a vicinal Tupã-Bastos, onde a recuperação da ponte é de extrema urgência, o valor estimado para essa obra é de R$ 40 mil”, explicou.

A secretária continuou explicando que além das obras a serem realizadas, os maquinários da Prefeitura também necessitam de reparos. Segundo ela, o objetivo da nova administração é dar sequência aos projetos, obras e convênios.

“É de extrema importância também que seja recuperado o maquinário que nós temos na prefeitura. Infelizmente muitos veículos encontram-se parados nos almoxarifados quebrados. Somente nas máquinas pesadas do setor de obras nós investiríamos R$ 85 mil, já de caminhões e veículos leves o valor é de R$ 65 mil, somando um total de R$ 150 mil. Além disso, temos também em andamento 39 convênios do governo anterior, alguns convênios foram finalizados e fechados. Já desse governo tem mais de 20 convênios, o que dá um total de 39 convênios”, disse.

O vice-prefeito e presidente da Comissão Organizadora do Carnaval, Caio Aoqui, afirmou que a intenção do Poder Executivo, desde o início, era realizar o carnaval, porém, devido a situação financeira no ano de 2017 não será possível.

“Nós da comissão fizemos várias reuniões, onde discutimos a realização do carnaval 2017, levantamos preços e alguns custos, conversamos com a Polícia Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, pois temos que atender várias exigências de segurança e conversamos com diversos setores da sociedade, pois queríamos um carnaval seguro, onde as famílias participassem. Mas com base das circunstâncias e com base nas necessidades que temos no nosso município, com muita tristeza comunicamos o cancelamento do carnaval 2017. O prefeito Ricardo e todos nós queríamos fazer o carnaval, e acreditávamos que gastaríamos algo em torno de R$ 150 mil para a realização, o que na verdade é um terço dos custos”, disse.

O vice-prefeito esclareceu que o evento não recebe nenhuma verba especifica. “O dinheiro que recebemos do DADE (Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias) é somente para construção, reforma e ampliação e não para o custeio de eventos e serviços. Os recursos utilizados para o carnaval vêm do contribuinte, ou seja, estaremos economizando o dinheiro dos cofres públicos”, destacou.  

O tenente da Polícia Militar, André Vander disse que a equipe da Polícia Militar visa à segurança e o bem estar da população, por isso, mesmo com o cancelamento da festa, o policiamento será reforçado.

De acordo com o tenente, Tupã recebe muitos visitantes devido ao período de feriado, levando em consideração a realização desse grande evento que traz um público muito elevado.

“Nós fizemos um planejamento prévio para o policiamento durante o período de carnaval, já que esse é um período que Tupã recebe um público elevado. O policiamento será reforçado, pois acreditamos que algumas entidades privadas vão realizar eventos, então nós da Polícia Militar estaremos à disposição da população. Nossa preocupação também é com áreas residenciais, já que muitas pessoas viajam e acabam deixando as casas sozinhas. Nós vamos usar o mesmo policiamento que seria do carnaval para estar espalhando durante todo o mês fazendo diversas operações para melhorar a segurança da Tupã”, disse.

De acordo com o prefeito Ricardo Raymundo, com a atual situação econômica do município é preciso estabelecer prioridades e atender as principais necessidades da cidade entre elas os términos das obras e priorizar a saúde.

"Antes mesmo de assumir, nós achávamos que o déficit da prefeitura estaria no máximo em R$ 4 milhões, mas então assumimos a Prefeitura e fomos surpreendidos com uma dívida com fornecedores e também com a folha de pagamento de dezembro que passa de R$ 9 milhões. Diante de todas as dívidas e também após os relatórios de todos os secretários sobre as necessidades de cada secretaria decidimos que a melhor opção para esse ano é cancelar os festejos carnavalescos de 2017", comentou o prefeito.

Segundo Ricardo, diante do levantamento apresentado pela comissão organizadora do carnaval de rua de Tupã, para se realizar um carnaval simples, o custo seria maior que R$ 400 mil.

“De início eu achei que para fazer uma festa simples e gostosa para toda a família iria se gastar no máximo R$ 170 mil, mas somente em segurança gastaríamos mais de R$ 80 mil, fora outros gastos como a hora-extra dos funcionários, a limpeza das ruas no dia seguinte aos festejos, a estrutura do palco e som, entre outros. E nós não podemos gastar tudo isso com o carnaval sabendo que o povo de Tupã precisa de outros serviços prioritários como a manutenção da via asfáltica, os remédios na farmácia municipal e também o término das obras”, comentou.

O prefeito ainda disse que ficou triste e não poder fazer o carnaval de rua para a população, mas também disse que pretende realizar uma festa melhor para 2018, priorizando a qualidade da festa e a segurança das famílias tupãenses.

"Nós temos prioridades com obras, assim como temos com a saúde, educação, cultura e outras Secretarias e precisamos melhorar as condições da nossa cidade. Somente para terminar as obras nós necessitamos de R$ 19 milhões de reais e eu tenho uma meta que é pagar todos os nossos servidores e sanar as dívidas com os nossos fornecedores e pretendo fazer tudo isso ainda esse ano, que é para no ano de 2018 poder fazer uma festa boa e de qualidade para toda a população, priorizando sempre a segurança. Já estamos correndo atrás, junto aos deputados, para realizarmos as obras paradas e valorizar o nosso município para que no ano que vem, com certeza, possamos festejar essa tradicional festa em locais mais bonitos", conclui o prefeito.

A Câmara Municipal esteve representada pelos vereadores Capitão Neves (Líder do prefeito), Paulo Henrique Andrade, Meireles, Alexandre Scombatti, Tiago Matias e Pastor Eliezer.

O primeiro secretário da Câmara, vereador Paulo Henrique de Andrade destacou que mesmo o carnaval de Tupã sendo uma tradição, o Poder Executivo agiu corretamente em cancelar o carnaval devido à crise em que se encontra a Prefeitura. “Sabemos que é triste não realizar o carnaval. Toda a população já espera pelo carnaval, mas no momento de crise que estamos enfrentando, obras paradas, foi necessário que houvesse o cancelamento do carnaval nesse ano. A realização do carnaval poderia prejudicar muito a economia e o fluxo de caixa da prefeitura. Temos um compromisso muito grande entre Executivo e o Legislativo, que é dar tranqüilidade à população e fazer com que a cidade volte a girar. O Ricardo e o Caio estão de parabéns por administrar a Prefeitura com responsabilidade. Parabenizo os dois por essa postura e por pensar em primeiro lugar no bem da população tupãense”, disse.

O vereador Tiago Matias que participaria da realização do carnaval, também elogiou o prefeito Ricardo Raymundo e o vice-prefeito Caio Aoqui pela coragem e seriedade em não realizar a festividade.

“Eu mais do que ninguém gostaria de ajudar organizar o carnaval, ajudar o prefeito e o vice-prefeito. Quando eles me procuraram para que eu ajudasse na realização do evento, eu me coloquei à disposição, mas nós ainda não sabíamos a real situação da Prefeitura. Estou triste, mas tenho certeza que a população vai dar um voto de confiança na gente. Peço também a compreensão dos jovens de Tupã, vamos buscar uma saída junto ao setor privado e acho que o prefeito está correto em tomar uma dura decisão, porém uma decisão certa para Tupã. Juntos estamos caminhando na mesma direção e acredito que estamos na direção certa. Vamos conseguir fazer de Tupã uma situação melhor”, afirmou.

 
 
  Tupã
História
Aspectos Geográficos
Vias de Acesso
Perfil da Cidade
Distritos
Qualidade de Vida
Bienal do Verde
Fale Conosco
 
  Veja também: vídeos
Prefeitura contabiliza prejuízos causados pela chuva em Tupã, SP
abrir vídeo +
 
 
  Prefeitura da Estância Turística de Tupã - SP
Praça da Bandeira, 800 - Fone: (14) 3404-1000

0800 773 1600
 
Home / Principal
Cadastre-se
Links úteis
Fale Conosco
 
   
  © 2017 - Todos os direitos reservados
Melhor visualizado em 1024px / 768px