0800 773 1600
Prefeitura da Estância Turística de Tupã - SP
Praça da Bandeira, 800 - Fone: (14) 3404-1000
Prefeitura Municipal de Tupã
Notícias: Secretarias
09 de Junho de 2017 - SAÚDE
Campanha de vacinação contra a gripe termina hoje
Por: Assessoria de Comunicação

Hoje é o último dia para o grupo prioritário tomar a dose da vacina contra o vírus da gripe em todo o Brasil. Em Tupã, a vacina está disponível para o público-alvo da campanha em todos os postos municipais de saúde.

De acordo com a enfermeira da Vigilância Epidemiológica de Tupã, Joselaine Pio Rocha, até o momento 20 mil pessoas já foram imunizadas, totalizando 82% dos grupos prioritários.

Segundo Josi, é fundamental que as pessoas do grupo prioritário que ainda não tomaram a dose da vacina fiquem imunes a gripe, principalmente durante o inverno, quando os diversos vírus da influenza começam a circular com maior intensidade. Vale ressaltar que a vacina demora cerca de 15 dias para fazer efeito após aplicada.

 

Ações

Hoje a equipe da Vigilância Epidemiológica estará naavenida Tamoios defronte a Farmácia São Paulo, das 19h30 às 21h30, imunizando a população do grupo prioritário que passar pelo local.

Segundo a Secretaria de Saúde, a ação também contará orientações sobre como evitar a influenza em locais aglomerados e semventilação.

           

Cumprimento da meta

De acordo com a enfermeira da Secretaria de Saúde, a meta de vacinação ainda não foi alcançada em nenhum grupo prioritário. Entre os públicos-alvo, os idosos registraram a maior cobertura vacinal, atingindo 88% de vacinados. Em seguida vêm as gestantes 77%, puérperas (76%), Crianças 72% e Trabalhador da saúde 67%, e

“Mesmo que a Secretaria, por meio da Vigilância Epidemiológica de Tupã, tem se articulado para vacinar em pontos estratégicos, a procura de alguns grupos têm sido pequena. Até o momento temos 20 mil pessoas vacinadas”, afirma.

 

Quem deve se vacinar

De acordo com a enfermeira da Vigilância Epidemiológica de Tupã, Joselaine Pio Rocha, atualmente podem ser vacinados Policia Federal, Guarda Municipal, doadores de sangue e de medula, trabalhadores do Tribunal de Justiça e Fórum, profissionais que trabalham com moradores de rua, cuidadores de idosos, auxiliares de classe e demais funcionários das escolas de ensino básico e superior, funcionários das creches, trabalhadores da limpeza e coletores de lixo.

Além destes, a vacinação continua aberta para o grupo de risco já existente, que são: crianças de seis meses e menores de cinco anos, gestantes, puérperas até 45 dias após o parto, profissionais da saúde, indígenas, doentes crônicos, pessoas com 60 anos ou mais, professores da rede municipal, profissionais da Policia Civil e Militar, Bombeiros, profissionais do Poupatempo de Tupã, funcionários do Correios e também da Defesa Civil e a população prisional.

Vale ressaltar que as pessoas que por algum motivo não se enquadram nos grupos prioritários e precisam tomar a vacina, necessitam apresentar uma indicação médica e se enquadrar nos fatores determinantes para receber a primeira dose, caso contrário, a solicitação será enviada à Vigilância Epidemiológica para avaliação e retorno a unidade.

“Caso o Ministério da Saúde prorrogue a campanha, a Secretaria continuará atendendo somente o grupo de risco, seguindo as orientações determinadas pelo Governo do Estado de São Paulo”, explica.

 

Vacina

De acordo com Josi, a vacina deste ano é do tipo trivalente, ou seja, contra três tipos de vírus da Influenza, inclusive o vírus do H1N1. A vacina é anual, devido às mudanças das características dos vírus influenza consequentes da mutação do vírus.

“É importante salientar que ocorreu mudanças em relação á vacina trivalente indicada para a temporada de 2017. A vacina que tem circulado desde 2009, foi modificada pela primeira vez nos últimos sete anos. Somente neste ano está prevista a distribuição de cerca de 12,6 milhões de doses de vacina influenza para garantir a vacinação de toda população do Estado de São Paulo”, finalizou.

 

Cuidados

O Ministério da Saúde orienta à população em geral, a adoção de cuidados simples para evitar a doença, como: lavar as mãos várias vezes ao dia; cobrir o nariz e a boca ao tossir e espirrar; evitar tocar o rosto; não compartilhar objetos de uso pessoal; além de evitar locais com aglomeração de pessoas.

Mesmo as pessoas vacinadas devem procurar o médico ao apresentar os sintomas da gripe: febre, tosse ou dor na garganta, além de outros, como dor de cabeça, dor muscular e nas articulações. O agravamento do quadro de gripe pode ser identificado por falta de ar, febre por mais de três dias, piora de sintomas gastrointestinais, dor muscular intensa e prostração.

 

Brasil

De acordo com o Ministério da Saúde, os estados com a maior cobertura de vacinação no país, até o momento, são: Amapá (95,6%), Paraná (84,9%), Santa Catarina (84,8%), Goiás (82,4%), Rio Grande do Sul (82%) e Pernanbuco (81,3%). Já os estados com menor cobertura são: Roraima (60,8%), Pará (65,3%), Mato Grosso do Sul (67,8%), Mato Grosso (68,3%), Acre (68,9%), Bahia (70,9%) e Sergipe (71,5%).

Entre as regiões do país, o Sul apresenta maio cobertura vacinal, com 83,7%, seguida pelas regiões Sudeste (76,6%), Centro-Oeste (75,5%), Nordeste (74,8%); e Norte (72,9%).

 
 
  Tupã
História
Aspectos Geográficos
Vias de Acesso
Perfil da Cidade
Distritos
Qualidade de Vida
Bienal do Verde
Fale Conosco
 
  Veja também: vídeos
Prefeitura contabiliza prejuízos causados pela chuva em Tupã, SP
abrir vídeo +
 
 
  Prefeitura da Estância Turística de Tupã - SP
Praça da Bandeira, 800 - Fone: (14) 3404-1000

0800 773 1600
 
Home / Principal
Cadastre-se
Links úteis
Fale Conosco
 
   
  © 2017 - Todos os direitos reservados
Melhor visualizado em 1024px / 768px