0800 773 1600
Prefeitura da Estância Turística de Tupã - SP
Praça da Bandeira, 800 - Fone: (14) 3404-1000
Prefeitura Municipal de Tupã
Notícias: Secretarias
24 de Novembro de 2017 - SAÚDE
Campanha Fique Sabendo 2017 inicia nesta segunda-feira
Por: Assessoria de Comunicação

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio do Programa Municipal IST (Infecções Sexualmente Transmissíveis) AIDS e Hepatites Virais inicia nesta segunda-feira (27), a 10ª edição da campanha “Fique Sabendo”, que visa a intensificação de exames de HIV, Hepatite B e C e Sífilis. A campanha segue até o dia 5 de dezembro.

De acordo com a enfermeira do Ambulatório de Moléstias Infecciosas de

Tupã e também Coordenadora do Programa Municipal de DST/AIDS e

Hepatites Virais, Anaile Virginia Genovez Michelotti, a campanha visa estimular a população a realizar o teste de HIV, principalmente aqueles que têm vida sexual ativa, nunca realizou o exame na vida e pertence aos grupos mais atingidos pela AIDS.

“Aproveitando a realização da campanha ”Novembro Azul”, e tendo em vista que a maioria dos casos diagnosticados no município é do sexo masculino, o Ambulatório de Moléstias Infecciosas através da Secretaria Municipal de Saúde, irá realizar testagens rápidas de HIV, Sífilis e Hepatites B e C em diversos pontos da cidade através o CTA (Centro de Testagem e Aconselhamento), visando facilitar o acesso de pessoas que pretendem realizar os testes e participar da Campanha”, contou.

Segundo a enfermeira, o objetivo também é de incentivar a realização dos testes de HIV e Sífilis entre as pessoas sexualmente ativas, e pessoas com maior vulnerabilidade.

“Ao falar em vulnerabilidade, o intuito é buscar e sensibilizar as pessoas mais expostas a essas doenças para fazerem os testes, como: homens que fazem sexo com homens (HSH, principalmente na faixa etária de 15 a 24 anos), trabalhadores do sexo, usuários de drogas e pessoas em risco acrescido de adquirir estas doenças”, explicou.

Anaile conta ainda que na ocasião as profissionais realizarão a coleta de sangue, que passará por testagem rápida no Ambulatório de Moléstias Infecciosas, e o preenchimento da ficha de atendimento.

“Os pacientes poderão retirar os resultados posteriormente no próprio Ambulatório, onde também poderão tirar dúvidas e saber mais sobre as doenças e o tratamento”, disse.

 

Segundo a enfermeira, a campanha também contará com distribuição de insumos de prevenção, orientação sobre métodos de prevenção e encaminhamento, quando necessário, para os serviços de referência.

“As Infecções Sexualmente Transmissíveis podem se manifestar de forma assintomática, algumas dessas doenças não apresentam sinais e sintomas específicos na fase inicial. Sendo a realização dos testes rápidos uma maneira efetiva de diagnóstico. Por isso, pessoas sexualmente ativas devem estar sempre atentas aos métodos de prevenção e ter como rotina realizar os testes rápidos regularmente”, orientou.

 

Cronograma de ações

          

Cronograma do CTA Móvel da Campanha Fique Sabendo 2017

27/11

13h às 16h

Pontos de Maior Vulnerabilidade

 

28/11

13h às 16h

Campus da Unesp voltado apenas aos alunos

29/11

13h às 16h

Distrito de Universo

30/11

17h às 20h30

Quinta com Arte

01/12

13h às 16h

Rodoviária Velha

04/12

13h às 16h

Distrito de Varpa

05/12

13h às 16h

Distrito de Parnaso

 

Orientações          

      

Segundo a enfermeira, antes de realizar o teste para HIV é importante estar atento a “Janela Imunológica”, que consiste no intervalo de tempo entre a infecção pelo vírus da AIDS e a produção de anticorpos anti-HIV no sangue.

“Esses anticorpos são produzidos pelo sistema de defesa do organismo em resposta ao HIV e os exames irão detectar a presença dos anticorpos, o que confirmará a infecção pelo vírus. O período de identificação do contágio pelo vírus depende do tipo de exame (quanto à sensibilidade e especificidade) e da reação do organismo do indivíduo. Na maioria dos casos, a sorologia Reagente /Positiva é constatada em 30 dias após a exposição ao HIV. Porém, existem casos em que esse tempo pode ser maior”, explicou.

Para finalizar, ela ressaltou ainda que, no período de janela imunológica, a pessoa tenha relação sexual com preservativos e não compartilhe seringas, pois, se estiver realmente infectada, já poderá transmitir o HIV para outras pessoas. O exame de HIV não precisa estar em jejum para ser realizado e para realizar o teste a pessoa deve levar um documento com foto.

Mais informações podem ser obtidas no Ambulatório de Moléstias Infecciosas localizado na rua Cherentes nº 951, ou através do telefone (14) 3491-5640.

 

Dezembro Vermelho

O Dia Mundial de Luta Contra a Aids é celebrado no dia 1º de dezembro, mas o mês inteiro pode ser dedicado a atividades direcionadas ao enfrentamento do HIV/Aids e outras Infecções sexualmente transmissíveis (ISTs) graças a campanha Fique Sabendo, do Governo do Estado, campanha essa que ganhou um reforço com a aprovação do Projeto de Lei 13.504.

De autoria da deputada federal Erika Kokay (PT-DF), a proposta cria o Dezembro Vermelho, movimento dedicado à prevenção, assistência, proteção e promoção dos direitos humanos das pessoas que vivem com o vírus da Aids. O texto prevê ainda a iluminação de prédios públicos com luz vermelha, a realização de palestras e atividades educativas, a veiculação de campanhas na mídia e a promoção de eventos para alertar a população sobre os riscos de se contrair essas doenças.

A mobilização em torno do Dezembro Vermelho deverá se apoiar em parcerias entre o poder público, sociedade civil e organismos internacionais, obedecendo às diretrizes traçadas pelo Sistema Único de Saúde (SUS) para enfrentamento da Aids e DSTs.

A relatora da proposta na Comissão de Assuntos Sociais (CAS), senadora Marta Suplicy (PMDB-SP), destacou a importância de, no ano em que se comemora 30 anos de criação do Dia Mundial de Luta contra a Aids, se intensificar as ações de prevenção e combate ao HIV, com o objetivo de reduzir sua incidência em todos os segmentos populacionais e em todo o território nacional.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil é hoje o país que mais concentra casos de novas infecções por HIV na América Latina, com taxas de crescimento nas Regiões Nordeste e Norte, e entre homens que fazem sexo com outros homens.

 
 
  Tupã
História
Aspectos Geográficos
Vias de Acesso
Perfil da Cidade
Distritos
Qualidade de Vida
Bienal do Verde
Fale Conosco
 
  Veja também: vídeos
Prefeitura contabiliza prejuízos causados pela chuva em Tupã, SP
abrir vídeo +
 
 
  Prefeitura da Estância Turística de Tupã - SP
Praça da Bandeira, 800 - Fone: (14) 3404-1000

0800 773 1600
 
Home / Principal
Cadastre-se
Links úteis
Fale Conosco
 
   
  © 2017 - Todos os direitos reservados
Melhor visualizado em 1024px / 768px