.
.

Acessibilidade

Aumentar Fonte
.
Diminuir Fonte
.
Fonte Normal
.
Alto Contraste
.
Libras
.
Vlibras

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Mapa do Site
.
Acesso à informação
.

De segunda a sexta das 7h30 às 17h

Idioma

Português

English

Español

Francese

Deutsch

Italiano

Governo - Terça-feira, 14 de Novembro de 2023

Buscar Notícia

Notícias por Categoria

Prefeitura reajusta diária para pacientes e motoristas

A medida beneficia cerca de 2 mil pacientes transportados para tratamento no estado de São Paulo


A Prefeitura de Tupã aumentou o valor da diária para pacientes transportados para tratamento em outras cidades e para os motoristas da administração (Saúde, Educação, Esportes e do Paço). Para distância de até 400 km, a diária dos profissionais passou para R$ 200. O reajuste será automático sempre que houver correção da UFESP – Unidade Fiscal do Estado de São Paulo. A ajuda para alimentação de pacientes passou de R$ 20 para R$ 30.

 

O decreto foi assinado sábado (11) pelo prefeito Caio Aoqui, em evento realizado no Setor de Transporte de Ambulância, com a presença de 37 motoristas da equipe de trabalho que realiza o transporte de pacientes para todo o estado de São Paulo e do transporte classificado como médico com atuação no perímetro urbano do município.

 

A reestruturação das diárias de viagens intermunicipais para motoristas da Prefeitura tem por objetivo buscar a equidade e eficiência do serviço que atende perto de 2 mil pacientes por mês, que fazem tratamento em várias cidades do estado de São Paulo.

 

O reajuste da diária atrelada a UFESP era uma reivindicação antiga dos motoristas. A reestruturação no valor da diária foi reivindicada pelo vereador Israel Velloso da Silva Neto, o “Tutu”, que destinou uma verba de R$ 25 mil para essa finalidade. Tutu já havia liberado recurso para o setor da saúde no valor de R$ 25 mil, em 2022; mais R$ 25 mil para 2023 e, já antecipou que para 2024, destinará emenda no valor de R$ 50 mil.

 

“A última atualização foi feita em setembro de 2019, anterior a pandemia do COVID-19. Essa reestruturação dos valores de diárias para viagem dos motoristas da saúde é de extrema importância, pois, influencia positivamente a motivação dos colaboradores e a eficiência operacional, com a prefeitura demonstrando compromisso em valorizar seus motoristas e reconhecer o esforço que eles dedicam às atividades diárias”, justificou o parlamentar.

 

O motorista Edson Porteiro Cortiço, o “Tuti” atua no setor desde 2015 e lembrou o empenho da administração em renovar a frota de ambulâncias equipadas com ar condicionado. “Antes os pacientes reclamavam das condições dos veículos, da fumaça que entrava na parte de maca onde eram transportados, além do que, muitas vezes os veículos ficavam no meio da estrada”, destacou.

 

A categoria ficava exposta aos perigos das estradas, bem como, a insegurança durante o período que deveriam descansar depois de viagens longas — dormiam nas ambulâncias, mas na atual gestão, os motoristas ficam hospedados em hotéis.

 

Já a paciente Adriana Cristiane Paixão que viaja toda semana para Jaú, onde faz tratamento de quimioterapia disse que a diária reajustada é uma ajuda oportuna — “que vocês continuem com os olhos voltados para a saúde”, pediu.

 

O presidente da Câmara, Marcos Gasparetto pontuou que os pacientes são contemplados não só com o reajuste na diária, “mas com a valorização dos motoristas que não medem esforços para percorrer grandes distâncias como profissionais”.

 

DIVISOR DE ÁGUAS

 

O secretário da Saúde, Dr. Miguel Ângelo de Marchi classificou a valorização dos motoristas como mais um fator divisor de águas. “A frota foi totalmente renovada, melhorando as condições de trabalho para os motoristas e permitindo qualidade e segurança aos pacientes. Esses profissionais estão sempre presentes na vida da população de Tupã, transmitindo segurança, apoio em viagens desgastantes para São Paulo, Barretos, Jaú, entre outras, transportando pessoas em busca de qualidade de vida”.

 

O prefeito Caio Aoqui agradeceu a participação do Legislativo nessas decisões do Executivo, ressaltando desde uma antiga solicitação do vereador Antônio Alves de Souza, o “Ribeirão”; à emenda do Tutu para implementar o reajuste na diária; a indicação do vereador Paulo César Soares, o “Paulo da Farmácia” para a construção de uma sala para o descanso dos motoristas e, pela atuação de Gasparetto que sempre teve um olhar voltado para ao setor de saúde, através de seu trabalho como ex-presidente da APAE.

 

“Quando buscamos financiamento para renovar a frota, sobretudo, da saúde entendíamos que era melhor pagar um financiamento mensal, que gastar R$ 2 milhões de manutenção com veículos velhos. Melhor do que a economia é dar condições de um transporte de qualidade à nossa população. Era comum ter que socorrer paciente, motorista com veículo quebrado na estrada. A prefeitura não tinha nenhum veículo adaptado para transportar um cadeirante e hoje temos 2. Isso é dar dignidade ao cidadão, dar conforto e a certeza de que ele terá um transporte com segurança”, ponderou.

 

O anúncio das medidas foi acompanhado pelo presidente do Conselho Municipal de Saúde, Carlos de Assis.

 

TRANSPORTE DE AMBULÂNCIAS

 

Atualmente o município conta com 10 ambulâncias que percorrem cada uma em média 10 mil km/mês. Por ano, cada veículo viaja uma distância suficiente para dar 3 voltas em torno da terra. Os motoristas transportam cerca de 140 pacientes por dia, de acordo com o diretor de Departamento de Transportes, Leonardo de Azevedo.

 

Os pacientes encaminhados pelo SUS são transportados para São Paulo, Campinas, Sorocaba, Piracicaba, Jaú, Bauru, Botucatu, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, Jales, Ilha Solteira, Araçatuba, Presidente Prudente, Santa Cruz do Rio Pardo, Ourinhos, Chavantes, Assis, Garça, Marília, Adamantina e Herculândia. Para esse transporte externo, a Secretaria de Saúde conta com 18 veículos - 10 ambulâncias; 4 Vans de 20 lugares cada e 4 carros.

 

Os motoristas e outros 10veículos também atendem o transporte interno de pacientes com alta hospitalares e agendamentos de consultas na rede SUS-Municipal, mais o transporte médico: Fisioterapia – Fadap, AMEM (Ambulatório Municipal de Especialidades Médicas), Clínica Yamauchi e Hemodiálise — Santa Casa.  

 

Os veículos para esse transporte são: 1 carro e 1 micro ônibus adaptados para cadeirante; 1 Van Mercedes – para 2 motoristas exclusivos para esse atendimento; 192 – 1 ambulância 24 horas por dia – com 4 motoristas 12/36; UPA – 1 ambulância 24 horas por dia – com 4 motoristas 24/72 e 1 carro disponível; Unidades de saúde de distritos - 1 Van Mercedes para unidade de Varpa – 1 motorista; 1 Kombi para unidade de parnaso - 1 motorista;1 Kombi para unidade de universo - 1 motorista; UBS da formosa - 1 carro - 1 motorista e Caps  - 1 ambulância - 1 motorista.

314 Visualizações

Notícias relacionadas

Voltar para a listagem de notícias

.
.

Calendário de eventos

.
.

Acompanhe-nos

.

Unidades Fiscais

.
ONIBUS - 2023

R$ 2,00

.
UFM - 2024

R$ 108,54

.
.

Prefeitura da Estância Turística de Tupã - SP.
Usamos cookies para melhorar a sua navegação. Ao continuar você concorda com nossa Política de Cookies e Políticas de Privacidade.