Tupã sediou reunião que discutiu reativação da malha ferroviária - Prefeitura de Tupã

NOTÍCIAS


Tupã sediou reunião que discutiu reativação da malha ferroviária

27 de Julho de 2017 - GOVERNO

Por: Assessoria de Comunicação


Tupã sediou reunião que discutiu reativação da malha ferroviária

A prefeitura, em parceria com a empresa Rumo Logística, concessionária de malhas viárias do Estado de São Paulo, realizou na última terça-feira, 25, um encontro com autoridades e prefeitos de Tupã e região.

O encontro discutiu a reativação de um ramal ferroviário que vai de Bauru à Panorama, passa por Tupã e diversas outras cidades do Oeste Paulista. A intenção é fomentar o transporte de cargas, diminuindo o custo e tornando a região competitiva com relação à exportação.

Durante o evento, estiveram presentes o prefeito Ricardo Raymundo, o vice-prefeito Caio Aoqui, Deputado Estadual Reinaldo Alguz, Deputado Federal Evandro Gussi, o Diretor da Rumo Logística, Emanuel Tavares, vereadoresEduardo Edamitsu, Meireles e Paulo Henrique Andrade, os secretários municipais Afonso Cabrera, Marcus Zanelato, Mauro Guerra e Moacir Monari, além de prefeitos e vereadores de diversas cidades da região, como Adamantina, Araçatuba, Arco-Íris,  Avanhandava,Bastos,  Clementina, Echaporã, Guaiambê,Getulina, Herculândia, Iacri, Inúbia Paulista ,Marília,Ocauçu,  Osvaldo Cruz,Oriente, Pompeia, Paraguaçu Paulista, Quintana e Rancharia.

O prefeito, Ricardo Raymundo, afirmou que o encontro foi uma oportunidade de mostrar o potencial de exportação da região. “Esse é um marco muito importante para a cidade, a região também está se juntando e quebrando paradigmas e disputas. Temos que nos unir e mostrar a grandeza de nossa região, aumentando a geração de emprego e favorecendo setor agrícola”, afirmou Ricardo.

O diretor da empresa Rumo Logística, Emanuel Tavares explicou queo transporte ferroviário traz benefícios relacionados à economia, meio ambiente e desenvolvimento da cidade. “Temos visto o potencial desse ramal de Bauru desde que a Rumo assumiu a administração da concessão, em abril de 2015”, disse. “Agora a empresa propõe ao governo federal um novo investimento, na ordem de 5 bilhões de reais. Essa proposta inclui a reativação de dois ramais: de Bauru a Panorama e Tupã, e o ramal de Pradópolis”, completou ele.

Também marcaram presença na reunião o deputado estadual Reinaldo Alguz e o deputado federal Evandro Gussi. De acordo com Reinaldo, a retomada das ferrovias é um sonho para a região.         

“A empresa fez investimentos nos últimos dois anos, duplicando a ferrovia que vai até o Porto de Santos, que antes estava em situação precária. Agora nós ganhamos condição de chegar ao Porto. A reativação da ferrovia passou a ser algo possível para nossa região e isso só dependerá da unidade dos prefeitos, vereadores e empresários. Só faremos a cidade crescer com unidade política e participação dos empresários e população”, disse o deputado estadual.

Já Evandro Gussidisse que a malha implicará uma grande revolução logística na história de todo o Centro-Oeste Paulista. “Essa linha servirá toda a região de Presidente Prudente, Assis, regiões Sorocabana, Paulista e Noroeste, ou seja, o Oeste Paulista ligado ao Porto de Santos e consequentemente a todo o mundo”, afirmou.

Para Conselheiro Administrativo da CEAGESP - Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo, Sérgio Feijão Filho, a ferrovia é primordial para os silos, que são benfeitorias agrícolas destinadas ao armazenamento de produtos. “O silo sem a ferrovia não faz sentido. Hoje em dia os silos têm grande capacidade proativa, mas não existe trem para levar as cargas e isso é um absurdo. Hoje eu estou apostando na Rumo porque estão vindo com um raciocínio bem diferente”, afirmou Sérgio.

 

Empresas serão beneficiadas

A reativação das malhas ferroviárias implica também em benefícios aos empresários. Para Valter Torres, gerente de logística da Granol de Tupã, será uma evolução, pois o transporte ferroviário é 30% mais barato que o rodoviário.  “Isso representa também ganho de segurança da carga e das pessoas, pois sabemos as jornadas a que estão sujeitos os motoristas nas rodovias”, assinalou Valter.

Antônio Campos, Diretor da Amenco, exportadora de amendoim, afirma que a volta da ferrovia traz grande desenvolvimento econômico. “A volta das ferrovias pode multiplicar o desenvolvimento econômico da região, trazendo riquezas para toda a região Centro-Oeste”, afirmou.





LEIA TAMBÉM


Tupã





Veja Também: Vídeos


Reconstrução passagem de águas fluviais Bairro Granada Tupã/SP
abrir vídeo +
Heal the World - Orquestra Maestro Julio de Castro
abrir vídeo +
Beyond The Blue Horizon - Orquestra Municipal Maestro Júlio de Castro
abrir vídeo +


Prefeitura da Estância Turística de Tupã - SP
Praça da Bandeira, 800 - Centro - 17600-380
Fone: (14) 3404-1000

Ouvidoria:
  0800 773 1600
  14 99876 9353

Prefeitura Municipal de Tupã © 2019