Prefeitura viabiliza alternativa para fechamento do São Francisco - Prefeitura de Tupã

NOTÍCIAS


Prefeitura viabiliza alternativa para fechamento do São Francisco

01 de Novembro de 2017 - SAÚDE

Por: Assessoria de Comunicação


Prefeitura viabiliza alternativa para fechamento do São Francisco

A união de forças envolvendo a prefeitura, o governo federal e o governo do estado, pode evitar que o iminente fechamento do Hospital São Francisco prejudique a população de Tupã e região.

Preocupado com a rescisão do convênio entre o São Francisco e o Sistema Único de Saúde (SUS), que acarretará a suspensão de atendimento médico naquele hospital, o prefeito Ricardo Raymundo, juntamente com o vice-prefeito Caio Aoqui e o secretário municipal de Saúde, Laércio Garcia, passaram a buscar alternativas que pudessem evitar prejuízos à população.

Nesta segunda-feira (30), Ricardo e Caio participaram de uma reunião com os administradores do São Francisco e da Santa Casa, onde ficou decidido que a Santa Casa assumiria tecnicamente a prestação de serviços de assistência ambulatorial e hospitalar prestados pelo São Francisco.

Porém, para viabilizar o acordo, que evitaria a suspensão do atendimento, seria necessário garantir que os recursos repassados para o São Francisco pudessem ser redirecionados para a Santa Casa, garantindo condições financeiras para que ela pudesse manter o atendimento nos dois hospitais.

 A atual situação financeira do São Francisco e as modalidades de convênios que o hospital mantinha com o SUS, entretanto, não permitiam a transferência de recursos para a Santa Casa. Para encontrar uma solução para o impasse, o deputado federal tupãense Evandro Gussi agendou uma audiência emergencial em Brasília, entre o prefeito Ricardo e o secretário Laércio com ministro de Saúde, Ricardo Barros.

Durante a audiência, que também contou com a participação do deputado Evandro Gussi, os técnicos do Ministério de Saúde constataram a impossibilidade do governo federal ajudar o município a equacionar o problema.

“Conversamos com os técnicos do Ministério da Saúde, que mostraram através de planilhas que era impossível transferir o dinheiro destinado ao hospital São Francisco de Assis, para a Santa Casa, visto que uma parte da quantia vem de sistema antigo que hoje já não existe mais. O esse dinheiro voltaria à União ou seria destinado a outro município, deixando de beneficiar Tupã”, explicou.

Segundo o prefeito, outra forma de resolver o problema, seria que a Santa Casa comprovasse os atendimentos e prestasse contas da demanda de pacientes que estaria recebendo, durante seis meses ou um ano o hospital receberia o recurso. A proposta se mostrou inviável já que nem a Santa Casa nem a prefeitura teriam condições de arcar com as despesas desses atendimentos sem respaldo dos governos federal ou estadual.

“Diante da impossibilidade de encontrar uma solução para o caso, o ministro da Saúde já estava prestes a encerrar a audiência quando o deputado Evandro insistiu enfaticamente da necessidade de solucionar o problema. Além de reforçar seu compromisso com Tupã, o deputado Evandro alertou sobre a necessidade de encontrar uma saída para o impasse a fim de evitar o caos na saúde de Tupã e da nossa microrregião”.

Ainda de acordo com Ricardo, sensibilizado com a gravidade do problema, o ministro Ricardo Barros voltou a discutir a questão com outros técnicos do Ministério da Saúde e apresentou uma solução envolvendo o governo federal e o governo estadual.

“A saída será a liberação uma verba de R$ 1,5 milhão que seria repassada pelo Ministério da Saúde ao governo estadual. Esse recurso serias posteriormente destinado pelo governo estadual diretamente à Santa Casa a fim de custear a manutenção do atendimento pelo SUS até o que os recursos repassados pelo SUS ao São Francisco possam ser direcionados à Santa Casa”, explicou.

Ricardo informou ainda que nos próximos dias o deputado estadual Reinaldo Alguz deve agendar uma audiência com o secretário estadual de Saúde, David Uip, para definir e agilizar os trâmites entre o governo federal e a Santa Casa.

Ele explicou também que a solução encontrada no Ministério da Saúde pode evitar a suspensão do atendimento à população, mesmo com o fechamento do São Francisco. “Caso haja realmente o fechamento do São Francisco acredito que se conseguirmos colocar em prática a proposta apresentada pelo ministro da Saúde, a Santa Casa terá condições de alugar o prédio onde funcionava o Hospital São Francisco, que pertence à Unimed, contratar os funcionários e iniciar o atendimento sem que haja maiores prejuízos à população”.

O prefeito finalizou agradecendo o apoio do deputado Evandro Gussi e falando sobre a alegria e satisfação de poder unir forças para beneficiar a população.

“É muito gratificante poder participar do que chamamos de política boa, que é a política que busca somar forças, independente de sigla partidária ou grupo político. Essa política boa que estamos defendendo desde o início do nosso mandato é também a política de buscar soluções para melhorar as condições de vida nossa população”. 





LEIA TAMBÉM


Tupã





Veja Também: Vídeos


Reconstrução passagem de águas fluviais Bairro Granada Tupã/SP
abrir vídeo +
Heal the World - Orquestra Maestro Julio de Castro
abrir vídeo +
Beyond The Blue Horizon - Orquestra Municipal Maestro Júlio de Castro
abrir vídeo +


Prefeitura da Estância Turística de Tupã - SP
Praça da Bandeira, 800 - Centro - 17600-380
Fone: (14) 3404-1000

Ouvidoria:
  0800 773 1600
  14 99876 9353

Prefeitura Municipal de Tupã © 2018