0800 773 1600
Prefeitura da Estância Turística de Tupã - SP
Praça da Bandeira, 800 - Fone: (14) 3404-1000
Prefeitura Municipal de Tupã
Notícias: Secretarias
12 de Julho de 2018 - SAÚDE
Saúde alerta para atualização de vacina contra o sarampo
Por:

Os índices de cobertura vacinal contra o sarampo estão abaixo do esperado pelo Ministério da Saúde em todo o país. Em alguns lugares, já existem registros da doença, que já era considerada erradicada no Brasil.

Por isso, a Secretaria Municipal de Saúde está reforçando a importância da atualização das carteiras de vacina não apenas das crianças, mas também dos adultos. De acordo com a enfermeira responsável pelo setor de Vigilância Epidemiológica, Joselaine Pio Rocha, o principal motivo da falta de vacinação, é o esquecimento por parte da população.

“Muitas vezes, por esquecer de olhar a carteira de vacinação ou até mesmo por falta de conhecimento do calendário, os moradores não procuram as unidades de saúde para receberem as doses”, relatou.

Por isso, doenças consideradas erradicadas no município e em todo o país, correm o risco de voltar a acometer a população, como é o caso do sarampo. “O Sarampo é uma doença infecciosa, de natureza viral, grave, transmissível e extremamente contagiosa, que tem maior incidência entre o final do inverno e o início da primavera”, explicou Joselaine.

Ainda de acordo com ela, a vacina contra a doença (Tríplice Viral) faz parte do esquema vacinal dos moradores, portanto, pode ser facilmente encontrada em todas as unidades de saúde e protege contra Sarampo, Caxumba e Rubéola.

“A vacina é a principal forma de prevenir a doença e pode e deve ser aplicada em crianças e adultos. Vale ressaltar que o sarampo é altamente contagioso e há um surto no norte do Brasil”, reforçou.

Para manter-se prevenido, é necessário que os nascidos a partir de 1960 tenham recebido pelo menos uma dose da vacina. Já as pessoas de 12 meses a 29 anos e os profissionais da saúde, precisam de duas doses para que a imunização esteja garantida contra a doença.

 

Sarampo

 

Transmitido por secreções das vias respiratórias como gotículas eliminadas pelo espirro ou pela tosse, o período de incubação do sarampo, ou seja, o tempo entre o contágio e o aparecimento dos sintomas é de cerca de 12 dias e a transmissão pode ocorrer antes do aparecimento dos sintomas e estender-se até o quarto dia depois que surgiram placas avermelhadas na pele.

Além de ser uma doença potencialmente grave, em gestantes, o sarampo pode provocar aborto ou parto prematuro. O diagnóstico é feito através de exames clínicos e, quando necessário, confirmado por exame de sangue. O tratamento, por ser uma doença autolimitada, é sintomático, isto é, visa ao alívio dos sintomas.

O paciente com sarampo deve fazer repouso, ingerir bastante líquido, comer alimentos leves, limpar os olhos com água morna e tomar antitérmicos para baixar a febre. Em alguns casos, há necessidade de tratamento para o aumento de imunidade.

A vacina anti-sarampo é eficaz em aproximadamente 97% dos casos. A recomendação das autoridades de saúde é não se descuidar do programa de vacinação. A vacina contra o sarampo é a melhor forma de evitar a doença que pode ser grave. Em caso de dúvida é melhor procurar um centro de vacinação.

 
 
  Tupã
História
Aspectos Geográficos
Vias de Acesso
Perfil da Cidade
Distritos
Qualidade de Vida
Bienal do Verde
Fale Conosco
 
  Veja também: vídeos
Prefeitura contabiliza prejuízos causados pela chuva em Tupã, SP
abrir vídeo +
 
 
  Prefeitura da Estância Turística de Tupã - SP
Praça da Bandeira, 800 - Fone: (14) 3404-1000

0800 773 1600
 
Home / Principal
Cadastre-se
Links úteis
Fale Conosco
 
   
  © 2018 - Todos os direitos reservados
Melhor visualizado em 1024px / 768px