Saúde - Prefeitura Municipal de Tupã / SP
Saúde


Conselho de Saúde aprova Plano para Manejo e Controle de Escorpiões
02 de de 2020 - ZOONOSES
Por: Assessoria de Imprensa

O Departamento de Vigilância em Saúde, por meio do Controle de Zoonoses aprovou na noite de segunda-feira (30), o Plano de Ação para Manejo e Controle de Escorpiões. O planejamento foi apresentado ao Conselho Municipal de Saúde de Tupã.

No plano consta que de 1º de janeiro a 3 de novembro foram registradas 331 notificações de infestação por escorpião. Sendo que, a maior incidência de casos ocorre na região Leste da cidade. Esse relatório considera as demandas por atendimento de acidentes por escorpião e de demanda espontânea, ou seja, quando o morador aciona o Controle de Zoonoses para captura desses animais.

Na justificativa, afirma-se que o objetivo do projeto é identificar áreas prioritárias, fortalecer as ações e “estabelecer diretrizes para prevenção e atendimento de acidentes por escorpiões, visando reduzir os danos decorrentes e a letalidade”.

A Secretaria de Saúde estabeleceu como meta reduzir óbitos por escorpião em 70%, e de acidentes em 60%, de acordo com o cenário epidemiológico do município. Para isso, foram criadas etapas para aperfeiçoamento e intensificação das ações de vigilância e controle do escorpião com foco na redução da infestação e dos acidentes, pautados por um cronograma de palestras, cursos e oficinas.

O manejo preconizado pelo projeto consiste no envio mensal das amostras capturadas para o Instituto Butantan, para fabricação do soro antiescorpiônico, conforme protocolo do Ministério da Saúde.

O Plano de Ação para Manejo e Controle de Escorpiões orienta que o serviço de atendimento às vítimas de acidentes por animais peçonhentos deve fazer a notificação compulsória ao setor de Vigilância Epidemiológica Municipal e Controle de Zoonoses, sendo assim, a comunicação deve ser feita imediata e obrigatoriamente para que o trabalho de inspeção no bairro do paciente ocorra o mais rápido possível.

A Santa Casa de Misericórdia de Tupã é referência para o município e cidades vizinhas no atendimento aos acidentes por picada, pois, a unidade possui soro antiescorpiônico.

 

AÇÕES INTEGRADAS

 

Para que a execução do Plano seja possível, ações foram atribuídas para diversas Secretarias Municipais. A Secretaria de Obras e Planejamento ficou responsável pela fiscalização das obras e prédios públicos, a fim de identificar problemas estruturais ou áreas que propiciem a proliferação dos aracnídeos.

A adequação e manutenção dos prédios escolares está sob responsabilidade da Secretaria de Educação, além da inserção de atividades de conscientização na grade das aulas. A pasta de Agricultura e Meio Ambiente precisa, entre outras ações, promover a limpeza das áreas vulneráveis.

O setor de Assistência Social deverá acompanhar as famílias vulneráveis e monitorar acumuladores compulsivos, pessoas com o transtorno caracterizado pelo recolhimento excessivo ou pela incapacidade de descartar coisas.

Também estão previstas ações de divulgação dos trabalhos de prevenção; realização de eventos culturais e educativos; aplicação de leis; respaldo nas fiscalizações; e o investimento em equipamentos e na capacitação, atividades sob responsabilidade das Secretarias de Relações Institucionais, Cultura, Assuntos Jurídicos, Administração e Finanças.



POSTAGENS RELACIONADAS




ÚLTIMAS GALERIAS




ÚLTIMOS VÍDEOS


Saúde


Paiaquas , 370
Centro
CEP: 17600-250
Tupã / SP
Contato: (14) 3404-2200 / (14) 3404-1000
saude@tupa.sp.gov.br

Secretario



Dr. Miguel Ângelo de Marchi

X

Dr. Miguel Ângelo de Marchi

Mais



Prefeitura da Estância Turística de Tupã - SP
Praça da Bandeira, 800 - Centro - 17600-380
Fone: (14) 3404-1000

Ouvidoria:
  0800 773 1600
  14 99812-9447

Prefeitura Municipal de Tupã © 2020